ESTUDO DA CET – COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO – PROPÕE A DERRUBADA TOTAL DO MINHOCÃO

 

Desmonte CET Metro Minhocão

Estudo da CET defende

fim do Minhocão em São Paulo

Por Davi Franzon – Metro São Paulo

09/06/2015

     A demolição do elevado Costa Silva (Minhocão), que desde 1971 é a principal ligação entre as zonas leste e oeste da capital, conta com o aval dos técnicos da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

      
     Estudo elaborado com  simulações do fluxo de veículos aponta que a medida é viável desde que uma série de intervenções sejam realizadas para preparar as vias que receberão os veículos que hoje trafegam pelo elevado. Segundo o levantamento, a demolição elevará o tráfego em nove vias (veja no quadro).
Desmonte CET Metro Minhocão 5
     “Há impactos no sistema viário que devem ser mitigados (reduzidos) com medidas de engenharia de tráfego e obras”, segundo trecho do estudo.        Entre as intervenções propostas pela CET estão a adoção de faixas exclusivas de ônibus, ampliação da rua Frederico Steidel, para facilitar a ligação com a rua Amaral Gurgel e o Largo do Arouche. A obra também permitiria a manutenção do terminal Amaral Gurgel. Os técnicos ainda indicam a necessidade de mudanças em vias do bairro de Campos Elísios.
      
     Na conclusão, o levantamento afirma que as simulações realizadas indicam que os impactos da transferência de veículos do Minhocão para as ruas e avenidas no entorno “não são significativos, permitindo a desativação do Elevado Costa e Silva.”
     O órgão de trânsito prevê que a retirada dos pilares que sustentam a estrutura permitirá a ampliação de ciclovias e o alargamento da avenida General Olímpio da Silveira.
     Projeto de lei      (…) “Acredito que ninguém prefere carro a pessoas, mas temos que evitar problemas para quem mora lá”. O vereador Police Neto conta que a Câmara pretende contratar o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) para também elaborar um estudo sobre os impactos da demolição do elevado.
Análise
Horácio  Figueira – Engenheiro de Transportes       
“Lugar do elevado é no chão”
    
     A demolição do elevado é o melhor caminho para colocar em prática um projeto de reurbanização da região.
Desmonte CET Metro Minhocão 3
    O Minhocão no chão será viável desde que o foco deixe de ser dado aos veículos e passe para as pessoas, para o transporte público. 
      
     A prefeitura tem de atrair parte dos motoristas que hoje utilizam o elevado, e que passariam para as vias o entorno, para o sistema público de transporte.
      
     O espaço hoje ocupado pelos pilares que sustentam o Minhocão pode dar lugar para o corredor de ônibus, permitindo a instalação de baias e facilitando as ultrapassagens entre os veículos.
    
     Um fluxo de trinta ônibus, cada um com 35 passageiros, pode transportar 1.050 pessoas por hora. Antes da demolição, a CET deveria colocar em teste o fechamento aos sábados. Em uma segunda fase, impedir o acesso por 15 dias.
      
     O resultado comprovará que o Minhocão hoje é apenas uma garagem vertical.

Curti(0)Não Curti(0)

Link permanente para este artigo: http://www.minhocao.net.br/?p=39809