Em Entrevista ao JORNAL FUTURA, Dr. Marcos Costa, Arquiteto e Professor da FAAP mostra a impossibilidade de “parque” sobre o Minhocão.

Futura 1        Repórter Guilherme Miletta: Ele rasga o centro da cidade de São Paulo. Por aqui passam mais de 80 mil carros por dia.                   

 

     Este é o polemico Elevado Costa Silva, mas conhecido como Minhocão. Foi inaugurado na gestão de Paulo Maluf em 1971. E liga a zona leste a zona oeste da cidade. futura 9

Mas embaixo, deixa um rastro de pobreza e abandono

       Dr. Marcos Costa, Arquiteto e Professor da FAAP: Nos anos 50, 60, ampliou-se esta questão. Houve uma desvalorização da área central da cidade e a valorização de outras áreas da cidade.                  

 

     De modo que o centro, que durante muito tempo foi local de destino da maior parte,  da quase totalidade da população, era lá que a maior parte do trabalho estava concentrado, houve um  deslocamento desse centro sentido sudoeste.      Então gradativamente a quantidade de emprego, de trabalho, de renda, foi se deslocando no sentido sudoeste e se afastando do centro.                      

 

     Portanto, outras áreas da cidade não tinham mais que se dirigir ao centro. Mas deveriam passar por ele.                 

 

     Repórter Guilherme Miletta: A obra é faraônica. São 3,4 kms de extensão. A altura fica em torno de 6 metros e meio. Futura 6Futura 5      E o que mais chama a atenção é que fica a menos de 5 metros das janelas dos apartamentos.                       

 

     O ruído de 85 decibéis provocado pelos carros é o maior do que o permitido pela Lei do Silêncio, que determina 70 decibéis.                     

 

     Por este e outros motivos o destino do Elevado vem sendo discutido. Outras vias elevadas no mundo tiveram destino diferente.                    

 

     O Elevado da Perimetral no Rio de Janeiro foi demolido em abril de 2014.              

 

     Marcos Costa, Arquiteto e especialista em obras, acredita que o parque (sobre o Minhocão) é um sonho quase impossível de se realizar.              

 Futura 7     Dr. Marcos Costa, Arquiteto, Professor da FAAP – Aquilo é uma laje de concreto. E plantar árvores sobre uma laje de concreto não é uma tarefa fácil.

       Não é uma tarefa fácil do ponto de vista estrutural.                 

 

     Não é uma tarefa fácil do ponto de vista de drenagem.                         

 

     Não é uma tarefa fácil do ponto de vista de impermeabilização.                     

 

     E pior ainda: não é uma tarefa fácil do ponto de vista da manutenção.                  

 

     Outros ligados ao Movimento Desmonte Minhocão defende a demolição completa e a revitalização de toda a área.              

 Futura 3

     Francisco Machado, Diretor do Movimento Desmonte Minhocão: O que vai fazer desta estrutura velha, arcaica, decrépita e degradada?

             

     Vai fazer um “operação plástica” de milhões de reais num defunto? Isso aí é praticamente um defunto.                       

 

     Ou desmontar e restaurar uma bela avenida, como era antigamente e a luz do sol, depois de 45 anos iluminar estes 3,4 kms de extensão do Elevado Costa e Silva.

 

Curti(0)Não Curti(0)

Link permanente para este artigo: http://www.minhocao.net.br/?p=39961