PREFEITURA REALIZA CONSULTA PÚBLICA SOBRE PARQUE NO MINHOCÃO: MAIORIA DOS MUNICIPES MANIFESTAM-SE CONTRA – 1ª PARTE

Debate promovido pelo Centro Mackenzie de Liberdade Econômica

discute futuro do elevado João Goulart em São Paulo

23.04.2019

          (…) Mudanças positivas ou negativas

          NR: no evento, o Arquiteto e Urbanista Professor Valter  Caldana  ponderou que parque no Minhocão será uma transformação negativa. Isso porque o problema do Minhocão não está na parte superior, mas sim abaixo do elevado.

          – “Não interessa o que se faça lá em cima, parque, trólebus, avenida, pois a destruição que o Minhocão provoca é o próprio elevado, é a presença dele, não seu uso. Ele destrói o chão da cidade, a cidade real. Assim, se a intervenção for colocar um parque elevado, não vai fazer diferença nenhuma, vai se degradar com uma rapidez muito grande e pode até piorar a situação.

          (…) A Prefeitura está vendendo o Ibirapuera porque não consegue cortar a grama, como vai manter uma obra como essa, obra cara?”, questiona ele. (…)

https://www.mackenzie.br/noticias/artigo/n/a/i/minhocao-via-expressa-parque-ou-desmonte/

*     *     *

Avenida Amaral Gurgel:

sem manutenção, jardins verticais secaram

Avenida Amaral Gurgel, hoje:

sem manutenção, jardins verticais secaram.

Pode-se imaginar como ficaria a manutenção

do “parque” em cima do Minhocão?

Cracolândia suspensa?

Avenida Amaral Gurgel, 

antes da construção do famigerado Minhocão

*          *          *

       

PREFEITURA REALIZA CONSULTA PÚBLICA

SOBRE PARQUE NO MINHOCÃO:

MAIORIA DOS MUNICIPES MANIFESTAM-SE CONTRÁRIOS

– 1ª PARTE

PIU Parque Minhocão

Consulta pública – Elementos prévios

ao desenvolvimento do projeto

Participe . gestaourbanaSP

COMENTÁRIOS

Jefferson Rosi Junior Rosi – Comentou em “Apresentação”

    (…) Se a PMSP quer terceirizar a administração do Ibirapuera como a PMSP vai criar o Parque Minhoção e administrá-lo bem (improvável) Em pouco tempo o parque Minhoção se transformará na ZUMBILÂNDIA, especie de CRACOLÂNDIA piorada. Isso só não ocorreu pois o espaço é alternado entre trânsito e parque de noite e fim de semana. Quando virar parque 24 horas por dia ninguém segura e será só lamento.

Cintia Mendonça – Comentou em “Análise estrutural do viaduto”

     Derrubem o Minhocão ao invés de criar cracolândia de 2 andares. Se derrubar, dá pra fazer mais 2 pistas nas avenidas. Vejam o Rio de Janeiro e não países desenvolvidos onde a violência e a pobreza são bem diferentes! O trânsito vai piorar muito e 53% das pessoas que moram na região não querem o parque invadindo sua privacidade! R$ 113.229.658,84. em 2 anos vai sair mais barato que essa roubalheira que querem fazer. 

Nelson Cabral – Comentou em “Comentarios” 

     Cada prefeito que assume a cidade imagina que chegará num paraíso! Ledo engano ! Estará no pior inferno já criado pelo ser humano. A visão de politico é absurdamente cretina, suas ideias não fluem porque não há como fluir, a cidade já esta tão castigada que só existe uma forma para resolver seus problemas, é criar uma outra São Paulo, esta que ai está não tem mais jeito. Uso uma metafora para definir o que eu digo, ” Claro que todos se lembram de Joana Dark, sim aquela que foi queimada viva, e que nenhum padre a defendeu ? Depois de 400 anos se arrependeram do que fizeram e a tornaram santa. Os Prefeitos que por aqui passaram fizeram tanta bobagem no passado que hoje não háa como consertar. Tudo o que construiram tinha a ver com propina, tipo a historia de Joana que demorou tantos anos para se consertar. Planejar hoje como irão consertar as melecas construidas é o mesmo que querer que gato fale japonês.                                                                                                            Destrua o que não presta e cria-se um novo, baseado em critérios sólidos e não na dicotomia. 

Roberto Tadeu Gorios – Comentou em “Apresentação” 

     NA MINHA OPINIÃO JAMAIS FARIA UM PARQUE NO MINHOCÃO. O IDEAL SERIA SUA TOTAL DEMOLIÇÃO E REVITALIZAR TODA AQUELA REGIÃO.SE FIZEREM UM PARQUE VAI SER MAIS UM DORMITÓRIO DE MORADORES DE RUA,BASTA PASSAR E VER A REALIDADE ATUAL EMBAIXO DO MINHOCÃO.E COM RELAÇÃO A SEGURANÇA,IMAGINA A NOITE E MADRUGADA.AINDA DA TEMPO,DE MUDAREM DESSA PÉSSIMA IDÉIA DE PARQUE!!! 

Eduardo Freua (Arquiteto) – Comentou em “Contexto de planejamento do PIU Parque Minhocão” 

     Sou arquiteto atuante a 45 anos desde minha formatura na FAUUSP em 1974. Considero a construção do elevado uma aberração urbanística nunca deveria ter sido executado condenando ao inferno toda esta região. Na iconografia existente vemos os prédios que existiam na Av. São João (embora jovem na época lembro bem) construídos primeiramente como investimento dos Barões do Café de depois pelos imigrantes italianos e sírios-libaneses.

     Perderam tudo por capricho da Prefeitura da época da construção do elevado pelos motivos que todos sabem. Temos agora a oportunidade de demolir tudo e fazer um projeto de reurbanização da área toda com ampliação das calçadas, uso cultural no térreo dos falidos prédios existentes como espaços para cinemas teatros, arenas etc e incentivo para uso residencial e serviços nos andares superiores. Uso das calçadas para lazer seja para caminhadas esportivas, ciclovias ou mesmo bares com mesas. Este é um sonho que sempre tive.

     A decepção ao ler no jornal este projeto foi imensa. Isto esta retratando bem o baixo nível da arquitetura e urbanismo que vivemos atualmente com esta venda desenfreada de escolas de arquitetura pelos governos anteriores.

     Meus pêsames para os que fizeram este projeto e a Prefeitura. Sinto vergonha de ser arquiteto vendo isto que os senhores estão fazendo. 

Tuca Nato – Comentou em “Contribuições setoriais para ativação e qualificação” 

     “Pista de skate”, “mini-parkour para crianças”, “quadras de basquete”… Não demorará muito para os moradores dos prédios lindeiros ao elevado pedirem pela volta dos carros. Se a prefeitura pensava em economizar recursos ao não implodi-lo (melhor solução), vai se arrepender amargamente. Pelos projetos apresentados, os gastos serão enormes. E a manutenção? Espero que haja ainda alguma instância para barrar a implantação do parque, que jamais será do jeito como está sendo apresentado à população. Será mais um projeto megalomaníaco, populista e custoso aos cofres públicos. 

Artur Monteiro (MDM) – Comentou em “Apresentação” 

     Não queremos Parque e sim DESMONTE INTEGRAL DESSA ESTRUTURA.

Sidney Freitas – Comentou em “Contexto de planejamento do PIU Parque Minhocão” 

     Não sou favorável ao Parque Minhocão. Acredito que o melhor seria desmanchar o Minhocão para proporcionar maior qualidade de vida aos moradores dos edifícios que ficam em seu entorno. Porém é necessário um planejamento para o remanejamento do trânsito quando da desativação e demolição do Minhocão. Temo que a construção do Parque terá o mesmo destino de tantas outras obras que depois de algum tempo ficam esquecidas, sem manutenção e tornam-se locais impossíveis de frequentar. Antes de promover investimentos em novas obras – Parque Minhocão – por que não finalizar obras já começadas ou aprovadas, por exemplo o Parque Augusta? Precisamos que a Prefeitura cuide mais de nossa cidade, como também zele por essa área onde localiza-se o Minhocão que está se degradando ano após ano.

     Não ao Parque Minhocão. 

MICHEL PEREIRA – Comentou em “Anexo B – Análise de experiências semelhantes (estudo preliminar)”  

     O nosso ilustre prefeito se esqueceu que estamos no Brasil, um país de 3° mundo. Existe uma diferença assustadora ao comparar projetos de sucesso como os citados acima em países evoluídos como o Canadá, Seoul, França, entre outros. Aqui com certeza será mais um reduto para viciados em drogas, assaltantes, mendigos e prostituição.

Masashi Watanabe – Comentou em “Apresentação” 

Se quiser resgatar a beleza da cidade na região, é necessário demolir o minhocão e revitalizar a avenida; como nova avenida São João. 

Cintia Mendonça – Comentou em “Escopo e fases do PIU Parque Minhocão” 

     Derrubem o Minhocão ao invés de criar cracolândia de 2 andares. Se derrubar, dá pra fazer mais 2 pistas nas avenidas. Vejam o Rio de Janeiro e não países desenvolvidos onde a violência e a pobreza são bem diferentes! De novo! 

Sérgio Pereira (morador) – Comentou em “Comentarios” 

     Toda vez que falam em desativar o minhocão, a prefeitura corre pra fazer intervenções pra amortecer o impacto… nos carros! Tem que parar com isso. O minhocão precisa ser desativado. Aproveitem o período de férias e fechem para os carros sem nenhuma compensação mitigadora, para testar qual o impacto na região. Porque sempre que se fala em “mitigar o impacto para os carros” está se falando de reduzir calçadas, aumentar o tempo de farol verde para carros (e diminuir o tempo de travessia para pedestres), reduzir horário de faixas de ônibus, etc. tudo na contramão do que deveria ser feito. Tem que fechar pros carros já, aproveita as férias de julho pros motoristas já irem se acostumando com os trajetos alternativos. Vão ver que não faz diferença pros motoristas, mas pra todo mundo que anda e pega ônibus faz MUITA diferença tirar esses carros todos daí. Aí depois de atesar o óbvio, vocês devem demolir o minhocão. 

leonardo lombardi – Comentou em “Estratégias de gestão”  

     Infelizmente a prefeitura não cuida das praças e parques que temos hoje… Invés de gastar dinheiro com uma obra faraônica, por que não cuidar do que já temos hoje? 

Fabio Miguel – Comentou em “Estratégias de gestão” 

     Acho muita falta de respeito com o dinheiro público, uma obra desse porte ser descartada com a idade que tem parece que existe muito dinheiro sobrando. O elevado deixará de ser um facilitador a circulação de automóveis e se tornará mais um lugar exigindo patrulha ostensiva de policiais, com certeza vai ser um ponto de sucesso para assaltos, não tem para onde correr, uma via fechada que se vai para frente ou para trás, e essas artes conceituais são muito bonitas como sempre, na prática porém nunca chega nem perto. Apenas mais gasto público para justificar mais utilização de verba. Retira-se o benefício a grande maioria em prol de uma pequena parcela do entorno. Ninguém vai deixar de ir a um parque de verdade para ir a um viaduto com plantas. 

Rosangela Rodrigues (APPIT assoc propr protetores e usuários de imóveis tombados) – Comentou em “Apresentação”

      O projeto parte do pressuposto de aproveitar um espaço urbano viário ainda necessário para a cidade, apesar de uma aberracao arquitetonica, como parque outra abstração só que ambiental. O centro merece espaços abertos e verdes e não esse tipo de proposta sem nenhuma consistência urbanística 

Rosangela Rodrigues (APPIT) – Comentou em “Escopo e fases do PIU Parque Minhocão” 

     O diagnóstico não leva em consideração o impacto de vizinhança aos moradores e comerciantes da área, já degradada, e que irá sofrer maior abandono com essa ideia descabida.

     Se querem desenvolver projeto de verdade com o Elevado, deveriam era demoli-lo e requalificar o entorno.

     O que funcionou em NY num contexto sócio-econômico totalmente diferente ao brasileiro irá assinalar a degradação total da área e pior, sem alternativas viárias substitutas, pois o apelo de que as pessoas irão deixar de usar o carro eh totalmente ridícula e proveniente de bichos-grilos filhinhos de papai que andam de bike na paulista até os jardins 

ROSANA SANTAROSA – Comentou em “Estratégias de gestão” 

     Somente apoia o parque quem desconhece o estado e custo de manutenção dos parques já existentes em São Paulo, quem não tem comprometimento com o dinheiro público e quem não apoia a sustentabilidade e redução da poluição (sonora, visual e do ar) em nossa cidade.

     O desmonte do Minhocão é a melhor solução financeira, urbanística, ecológica e social para a cidade. 

Francisca Guerra (Desmonte do minhocão) – Comentou em “Objetivo” 

     Tenho pavor só de pensar em um parque neste minhocão. Os senhores não tem idéia o que é um fim de semana com esse minhocão fechado. A gente não consegue nem seguer descansar…as pessoas conversando, jogando bola, gritando, cachorro latindo…

     Socorro preciso ir embora daqui, caso esse parque venha se concretizar.

     Pelo amor de Deus parque não…desmonte já. 

Iezio Silva (Associação Pró Campos Eliseos Melhor) – Comentou em “Comentarios” 

     Parque Minhocao vai ser a maior prova de como o dinheiro publico está sendo jogado na lata de lixo. Aqui vai se trsnsformar numa cracolandia duplex. Vai ser o maior erro deste prefeito.

 Ricardo Gambaroto – Comentou em “Apresentação” 

     Sou a favor da extinção do Minhocão por considerar que o problema do elevado seja sem sua parte de baixo, cujos problemas são excesso de ruído e concentração de poluição dos veículos, além de servir de abrigo para moradores de rua. Considerando o seu uso como um parque, o problema de baixo do elevado segue igual, sendo assim minha sugestão seria abrir áreas em sua estrutura de modo que deixe transpassar iluminação solar para a parte de baixo. 

Ricardo Gambaroto (Morador) – Comentou em “Comentarios” 

     Sou a favor da demolição! Que façam uma readequação viária na Avenida São João e Major Olimpo da Silveira nos moldes do que temos hoje na Avenida Rebouças, com árvores, corredor de ônibus e se possivel ciclovia. 

Tatiana Roberti – Comentou em “Objetivo” 

     Projeto mais sem pé nem cabeça, vai ser mais uma cracolândia na cidade.

     Se os parques não tem manutenção (vide o Parque da Agua Branca que não fica muito distante do minhocão e vive sujo e mal conservado) imagina a criação de um parque numa via crucial de trânsito e que não possui nenhuma alternativa.

     Observem o trânsito local aos sábados, quando o mesmo minhocão fica fechado, o trânsito fica péssimo, imagina durante a semana quando o fluxo é imensamente maior. É um absurdo que a Prefeitura cogite fechar a via dizendo que não vai causar impacto, talvez para o Prefeito, que não anda na cidade (não olha nem os problemas da cidade, quanto mais o impacto na região).

     Comparar o tal parque com o High line beira o ridículo, aquele local não era utilizado como via quando foi transformado em parque. Parem essa ideia enquanto dá tempo, pensem uma vez na vida em quem mora na região e já sofre com o trânsito caotico. 

Francisco Machado (Diretor do MDM – Movimento Desmonte Minhocão) – Comentou em “Estratégias de gestão” 

     O Minhocão é uma aberração urbanística – viaduto com 2 kms e 800 metros, passando no meio de prédios residenciais. Vitimiza mais de 230 mil moradores com os sérios problemas que causa, com poluições atmosférica, sonora e visual, em índices absurdos, problemas de invasão de privacidade, falta de segurança e incomodidade insuportável.

     A idéia insensata de parque sobre essa estrutura de asfalto e concreto não constitui uma insensatez?

     Não vai piorar ainda mais todos os problemas de que somos vítimas?

     A única opção sensata é o desmonte dessa estrutura obsoleta, degradada e degradante!         DESMONTE JÁ! 

Rodrigo Vogliotti – Comentou em “Apresentação” 

     Prezados, (…) questiono sobre o valor de R$ 36 milhões para a implantação do parque. Impossível imaginar que alguém concorde com isso.

     Em uma cidade onde existem carências de todos os tipos é totalmente inviável a construção de um parque utilizando todo este valor.

     Porque não usam estes recursos para construir novos hospitais e melhorar os já existentes?

     O Hospital Sorocabana na Lapa (próximo ao Minhocão) está sendo subutilizado pois não há verbas para aumentar os leitos, sendo que existe inúmeros quartos e salas vazias. Dessa forma, sou integralmente contra este projeto e como cidadão espero que minhas considerações sejam avaliadas e que eu receba explicações adequadas e com argumentos sólidos para os pontos que coloquei. Grato Rodrigo Vogliotti 

Francisca Guerra – Comentou em “Análise estrutural do viaduto” 

     Não consigo imaginar um parque na minha janela…meu Deus como vou ter o meu descanso final d# semana? Hoje já é dificil quando fecha para carros.imagine um parque!! SOCORRO

     O minhocão é horrível, degradante, sujo. Só de pensar que essa ideia de parque pode se concretizar, eu entro em pânico…

     Vocês não idéia como é a vida da gente depois que esse minhocão fecha para os carros.

     As pessoas ficam falando alto , jogando bola, cachorro latindo, fumam maconha ou cigarro, o cheiro vai dentro da casa da gente…É um inferno.

     Desmonte já...ou deixa os carros.

     Parque jamais. 

Reginaldo Pires (Propagandista ) – Comentou em “Projetos de transformação e mudança de uso do “Minhocão”” 

     Acho uma PÉSSIMA idéia criar um parque, primeiro porque o governo de SP e a Prefeitura não tem estruturas para cuidar dos seus ínumeros sem tetos, mendigos e viciados que exitem no centro de SP e seria mais uma cracolândia a céu aberto com toda certeza e segundo lugar não ví nenhum planejamento de desvio de fluxo de trânsito feito, só quem passa todo dia nesta região e por este elevado sabe a importância que ele tem e a praticidade que ele traz, se é pra fazer alguma coisa então que DERRUBEM este elevado e revitalizem a região, pois já exitem na cidade inumeros parques abandonados que a prefeitura poderia se preocupar mais e este vai ser apenas mais um. 

Marcelo Nunes Rocha – Comentou em “Objetivo” 

     Sugiro a demolição do elevado, a partir da Avenida São João, Avenida General Olímpio da Silveira, até o Largo Padre Péricles.

     Este trecho, sem o Minhocão, poderia se tornar um boulevard arborizado as suas duas extremidades laterais. Canteiro central seria reduzido, para implantação de mais 1 faixa de tráfego a cada sentido.

     O canteiro central teria uma ciclovia projetada ao meio deste passeio, de modo que suas extremidades, comportassem perfeitamente, calçadas para circulação de pedestres, pontos de ônibus, mobiliário com bancos e equipamentos de ginástica, árvores de medio porte, postes de iluminacao e relógios de rua.

     Benefícios seriam: a diminuição de custo para implantação de um parque ao longo do atual elevado, redução da concentração de poluentes sonoros, respiraveis produzidos abaixo do atual elevado; diminuição da concentração da população de rua, que se abriga ao longo do atual elevado; revitalização e maior mobilidade em diversos modais para o corredor São João/General Olímpio da Silveira.

     Espero que esta minha contribuição, de um munícipe que ama esta cidade, seja pensada com carinho. Grato. 

Cintia Mendonça  – Comentou em “Gestão democrática” 

     Derrubem o Minhocão ao invés de criar cracolândia de 2 andares. Se derrubar, dá pra fazer mais 2 pistas nas avenidas. Vejam o Rio de Janeiro e não países desenvolvidos onde a violência e a pobreza são bem diferentes! O trânsito vai piorar muito e 53% das pessoas que moram na região não querem o parque invadindo sua privacidade! Pensem! Derrubem! 

RICARDO DO MARQUES – Comentou em “Objetivo” 

     A demolição do local e a melhor escolha para que ocorra uma readequação, se manter ele mesmo como parque a parte debaixo se manterá mal cuidada como sempre foi

 Lucian De Paula (Urbanista) – Comentou em “Anexo B – Análise de experiências semelhantes (estudo preliminar)”

  Colocam um monte de “análise de experiências similares” da Coreia e da América do Norte.

     Não colocam a mais relevante, de contexto mais parecido com o nosso: a demolição da Perimetral do Rio de Janeiro.

     Um baita caso de sucesso, a requalificação da área ao entorno ficou fantástica, a população adorou a demolição, teve as mesmas reclamações e medos com o trânsito, e a mesma consequência óbvia de que não houve o caos no trânsito para carros como se previa.

     O trânsito melhorou para todos os pedestres, ciclistas e usuários do transporte público.

     É necessário colocar essas experiências, não só de parques americanos de estruturas metálicas que não se aplicam ao minhocão.

     Foi ignorado o caso da Perimetral carioca porque nela aconteceu o que deveria acontecer com o Minhocão: demolição. 

Isaura Maria Ribeiro de Sampaio Leite (profissional liberal) – Comentou em “Apresentação”

     Gostaria de participar e receber emails para participação presencial. tenho interesse com a cidade e posso contribuir com minha visão de arquiteta. Os estudos já devem estar em avançados estágios mas concordo para sua demolição

Cecilia Esteves – Comentou em “Comentarios” 

     A única justificativa para a manutenção da estrutura responsável pela degradação da área, é o a circulação de carros que cobre o eixo entre as Zonas Leste/Sul e Oeste da cidade.

     Se não haverão mais carros, não há porque manter o elevado. A solução seria demolí-lo e propor uma sistema de transporte público do tipo VLT na via central que cobrisse o eixo L/O, aumentando a circulação de pedestres na área, iluminando o espaço público e valorizando o bairro como um todo.

     Do jeito como foi proposto parece minimizar o efeito do aumento no fluxo de carros que tornará a circulação ainda mais caótica do que já é. 

Irene Oliveira – Comentou em “Comentarios” 

     Os gestores deveriam trabalhar em benefício da população e não a serviço das EMPREITEIRAS, EMPRESÁRIOS E AMIGOS. “NÃO AO PARQUE MINHOCÃO “ .

     Tirem a Av.São João do porão.

 Francisca Guerra – Comentou em “Projetos de transformação e mudança de uso do “Minhocão”” 

     Pelo amor de Deus desmonte esse monstro acabou com Av São João, E com as nossas residência no entorno não temos sossego desde a hora que fecha. 

Francisco Gomes Machado Machado (Presidente do CONSEG Santa Cecília, Barra Funda, Campos Eliseos e Av. Higienópolis) – Comentou em “Estratégias de gestão” 

     A Direção do CONSEG Santa Cecília saúda e felicita a iniciativa do Vereador Caio Miranda, acolhida pelo Ministério Público, para que a ordem jurídica sobre o assunto seja restabelecida e assim, dentro da legalidade, sem açodamentos e com serenidade, autoridades, associações comunitárias e munícipes – de modo especial os mais de 230 mil moradores que residem ao longo dos 2 kms e 800 metros do Minhocão – possam se pronunciar e expor os graves problemas de saúde, segurança, invasão de privacidade e incomodidade insuportável de que são vítimas, por causa da estrutura do mencionado elevado.

     A única opção sensata é o Desmonte dessa estrutura funesta do Minhocão. 

Marjorie Meirelles (Moradora de frente ao elevado) – Comentou em “Apresentação” 

     Um absurdo este parque do minhocão, o Sr Bruno Covas está de brincadeira com o Centro da cidade, não deu oportunidade da comunidade ser ouvida, só deu oportunidade aos interessados em prover o parque.

 Valfrid Couto – Comentou em “Comentarios” 

     Sou morador da região e a criação do parque em qualquer trecho é um incômodo para os moradores que moram ali. Prefiro os carros passando em frente a minha janela do que a zoeira que as pessoas fazem ou os drogados que ali ficam quando o minhocão é fechado.

     Isso só irá se intensificar se virar parque.

     Se for para fechar o minhocão, que se desmonte de vez!!! Nada de parque!!!

     Já quebraram minha janela arremessando um tijolo vindo do minhocão, isso não aconteceria sem ele lá ou com os carros passando.

     É um absurdo sequer pensar que é possível, com toda a falta de estrutura que seria possível prover segurança ali em caso de alguma emergência, as pessoas não teriam para onde fugir, fora o número elevado de assaltos que ocorrem.

     Temos parques próximos dali como o Buenos Aires e o Parque da Água Branca e o desmonte do minhocão é muito mais interessante do que um parque suspenso. 

Narjara Nehme (Estudante de arquitetura ) – Comentou em “Comentarios” 

     Como uma prefeitura que não tem dinheiro para investir na educação e na saúde está pensando em gastar milhões em um parque???

     Em uma estrutura ultrapassada e comprometida como tantos outros viadutos existentes  na cidade.

     Sou a favor de parques sim!!!

     Porém não da maneira como está sendo feita.

     Ainda mais com tantas outras praças abandonadas pela cidade.

     Continuaremos com os mesmos problemas do entorno. Infelizmente não podemos nos comparar com NY e seu High line… nossa política está muito aquém… e sinceramente quem está aprovando, é porque está levando parte do lucro para seu bolso. E isso não é novidade para ninguém… 

Marjorie Meirelles (Moradora de.frente ao elevado) –  Comentou em “Escopo e fases do PIU Parque Minhocão” 

     Com certeza este projeto do parque, não é de interesse da comunidade, muito menos interesse público, o interesse é outro, alguém está lucrando com certeza, em gastar tanto.pra se fazer parque , onde não se tem condições, como ficará os moradores que serão perturbados?

     Como ficará o trânsito, não tem planejamento algum, sugiro ao Sr prefeito que assista ao video Porto Maravilha do RJ, onde tiraram o elevado e deram espaço aos moradores, aos comércios e principalmente ao verde.

     O trecho todo ficou maravilhoso.

     Com projeto e estudo se faz muito, com interesse no bolso só elefantes brancos.

ROSA SÍLVIA López (INSTITUTO REDE BRASILIDADE ) – Comentou em “Comentarios”

     PELO DESMONTE DO MINHOCÃO! CHEGA DE “CRACOLÂNDIA DUPLEX “! O MINHOCÃO ESTÁ REPLETO DE INFILTRAÇÕES! É PÉSSIMO PARA O ENTORNO, PÉSSIMO PARA SÃO PAULO! 

Geraldo César (Taxista) – Comentou em “Objetivo” 

     Bom dia. Sou contra o parque minhocão. primeiro porque a estrutura é muito antiga, e segundo porque não foi feito um projeto viário alternativo para desafogar o trânsito da região do entorno.

     Quando pensamos em gestão, temos que pensar em todas questões, não podemos beneficiar uma classe e prejudicar outra. Aqui na região temos 4 hospitais, várias escolas, UBS, entre outros. Sou taxista e sei muito bem o que estou falando, convivo com os problemas dessa cidade a todo momento. 

Luan Batista – Comentou em “Estratégias de gestão” 

     Não considero o minhocão como uma opção para um parque (na verdade acho que nem deveria existir o minhocão) Gastar milhões em uma adaptação de algo que não foi pensado pra ser um parque é um desperdício imenso, ainda mais na situação atual.

     Em vez de gastar dinheiro reformando e adaptando o minhocão, deveriam investir esse dinheiro em áreas próprias para isso, onde já tem como montar um parque. Se houvesse diálogo com a população, não faltariam sugestões de lugares onde seria apropriado montar um parque 

Raphaela Galletti – Comentou em “Comentarios”  

     Entre a construção de parque suspenso e desmonte, a região só ganha com o desmonte e reurbanização, e não com aumento da ilha de calor e permanência dessa intervenção drástica que é sua própria estrutura.

     O desmonte é mais barato que a instalação de parque, e a via pode ser toda reurbanizada, com espaços para pedestres, bicicletas, viário adequado, e consequente melhora de uso dos imóveis da região. 

Yara Goes (Presidente da Ação Local Amaral Gurgel /Diretora do Movimento Desmonte do Minhocão/Vice Presidente do Conseg de Santa Cecília ) – Comentou em “Objetivo” 

     O Minhocão precisa ser desmontado pois é a unica solução que resolve com 100% de acerto os problemas ali existentes. O parque criaria mais problemas, aumentaria os gastos e não resolveria nada.

     Queremos sim a requalificação de toda aquela região, mas com o desmonte INTEGRAL do Minhocão.

     A grande maioria de proprietários ali existentes não querem parque.

     Desejam se livrar daquela estrutura que só aumenta o ruido e segura os gases tóxicos.

     Portanto , o desmonte do Minhocão é a única solução viável e após fazer um grande projeto de requalificação dos bairros de Vila Buarque, Santa Cecília, Barra Funda e Campos Elíseos.

     Aí sim o dinheiro público seria muito bem empregado. 

CONTINUA

https://participe.gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/parque-minhocao

https://www.minhocao.net.br/

https://www.facebook.com/movimentodesmontedominhocao/

[email protected]

 

 

 

Curti(0)Não Curti(0)

Link permanente para este artigo: https://www.minhocao.net.br/prefeitura-realiza-consulta-publica-sobre-parque-no-minhocao-maioria-dos-municipes-manifestam-se-contra-1a-parte/

Deixe uma resposta